Redação BLes – A NASA divulgou imagens do aglomerado de galáxias Abell 1033, que lembra muito a nave “Star Trek Enterprise”.

Abell 1033 fica a 1,6 bilhão de anos-luz da Terra e representa as maiores estruturas coesas pela força gravitacional.

videoPlayerId=1f573e73e

Ad will display in 09 seconds

“Eles são os maiores objetos do Universo unidos pela gravidade”, descreve a Agência Espacial dos EUA para os aglomerados de galáxias.

A nave da série de televisão, Enterprise Star Trek.

O efeito dos raios “X”

Os astrônomos detectaram o aglomerado com a ajuda de raios-X, complementados por dados de rádio, e perceberam que na verdade é um fenômeno que envolve duas galáxias em colisão total.

“Esse evento extraordinariamente energético, que ocorre de cima para baixo na imagem, produziu turbulência e ondas de choque, semelhantes ao boom sônico produzido por um avião que se move mais rápido que a velocidade do som”, conforme expresso no Site da agência.

Simultaneamente, jatos de partículas de alta velocidade estão sendo gerados como parte da interação de galáxias em colisão, espiralando a matéria em direção a um buraco negro supermassivo, que se distingue à esquerda e à direita da imagem.

A incrível semelhança com a “lendária” nave da série Star Treck é identificado como “pareidolia”: “um fenômeno psicológico no qual formas e padrões familiares são vistos em dados que, de outra forma, seriam aleatórios”.

O estudo foi publicado no arXiv.org, da Universidade de Cornell.

A série de televisão americana que deu vida a nave Enterprise, dramatiza as aventuras da tripulação da nave, a primeira que pode viajar em velocidade de warp5, enquanto exploram a galáxia.

Categorias: Ciência

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds